Um pernoite farto de orgasmos em intensidade máxima de prazer no meu 7 de setembro

Um pernoite farto de orgasmos em intensidade máxima de prazer no meu 7 de setembro

Olá meus leitores (as)!

Cheguei em casa no fim da tarde, após uma corrida no parque e logo em seguida recebi uma mensagem de um cliente educado, bonito, inteligente e muito gostoso me convidando para um reencontro. Sim,  já nos encontramos duas vezes.

Conversamos por telefone e combinamos de nos encontrar às 21h00 em frente à Igreja São Judas, já que iríamos no Bardega, Itaim Bibi. Chegamos no local e fomos recepcionados até uma mesa para duas pessoas. O ambiente é muito agradável, foi eleito o melhor Wine Bar de São Paulo pela Revista Veja. Pedimos para compartilhar uma tábua de queijos e embutidos que acompanhava uma geléia muito gostosa e alguns pãezinhos.

Os vinhos ficam posicionados na lateral do bar um ao lado do outro, 110 no total, para serem degustados em taças de 30ml, 60ml e 120ml. Estávamos indecisos entre um Pinot Noir e Cabernet Suavignon, mas optamos pelo segundo. Voltamos para a mesa com a taça e em comum acordo ele pediu a garrafa.

Entre muita conversa e risadas, tomamos a garrafa de vinho e beliscamos os petiscos. Saímos, por volta das 23h30 e fomos para o apartamento dele. Na mensagem, ele disse que estava abandonado, a esposa tinha ido viajar e como o relacionamento é aberto, não teria maiores problemas.

Ao chegar tirei o sapato e fomos fazer a higiene bucal, ele pegou na minha mão e me levou até a sacada para mostrar a vista da região. Na sala, luz baixa, o clima estava propício e a química perfeita. Ele ajudou a me despir, me sentou no sofá e me chupou, eu já estava encharcada. Seguimos para o quarto, na cama muitos beijos e eu sei que ele gosta de um 69 prolongadíssimo. Peguei o preservativo e ele veio sobre mim, depois meteu na minha boceta de quatro, enquanto isso eu me tocava, gozei várias vezes, fui a loucura e ele também gozou.

Ficamos na cama conversando um pouco e em seguida fui tomar uma ducha, voltei e ele me ofereceu uma água. Deitou-se ao meu lado, começamos a nos tocar e partimos para um 69, tentei animá-lo, fiquei muito tempo chupando aquele pau, mas foi em vão, estava cansado e tínhamos tomado uma garrafa de vinho, o álcool afeta a capacidade de ereção rs. Enfim, já eram 2h e os meus olhos já estavam fechando, arrumamos a cama e deitamos de conchinha, adormeci com ele me abraçando.

Às 5h40, o telefone dele tocou, era assunto profissional. Dormimos mais um pouco e acordamos às 8h, ele tinha compromisso ás 10h. Levantei e fui direto tomar uma ducha, enquanto eu me trocava foi a vez dele tomar banho. Tomamos o café da manhã, tudo preparado por ele e saímos logo em seguida. Nos despedimos com aquele gosto de quero mais.

Beijos da Gê

 

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu