Um encontro extravagante durante o isolamento social

Um encontro extravagante durante o isolamento social

Olá amigos!

O que falar num momento tão sombrio como esse da era coronavírus? Difícil, a voz embargada, várias coisas passam pela minha mente, período de incerteza domina o meu ser.

Ninguém estava preparado para esse tsunami, teremos consequências por muito tempo. 

Vc pensa que ao final da quarentena, tudo voltará ao normal? 

Nada será como antes, estamos diante de uma pandemia, isso significa que o problema não está só no Brasil, mas no mundo. É fato histórico!

Um dia desses, no Uber, o motorista perguntou o que eu achava de tudo isso. 

Eu respondi que estava tudo errado. Deveríamos ter tomado as devidas precauções muito antes, graças aos nossos governantes não aconteceu.

Quando foi decretado o isolamento, aproximadamente dia 20/03, eu disse para um amigo, que nos encontramos sempre, médico de um dos melhores hospitais do mundo pela revista americana newsweek, sobre a população que seria mais atingida pela covid19. Veja: 👇

 

Achei gracioso da parte dele se preocupar comigo, me isolei durante uns quinze dias e voltei a me encontrar com alguns amigos. 

Nada será como antes, mas sou otimista que tudo pode ser melhor como nunca foi!

Diante de uma doença extremamente contagiosa, eu tenho amigos que estão sempre presentes. Amigos são aqueles que não aparecem somente nos bons momentos e a seguir vou descrever o nosso encontro. 

É algo inexplicável, jamais esquecerei essa demonstração de carinho. Surgiu quando eu menos esperava, enviou uma mensagem e agendamos o horário.

Chegamos no motel e entre um papo e outro, ele perguntou se eu queria beber algo, escolhemos uma Stella. Me beijou acaloradamente, adoro beijo com gosto de cerveja ou vinho, fui me despindo com a ajuda dele e já senti que estava excitado. Excitadíssimo! 

Coloquei as toalhas no banheiro, durante a ducha, muitos beijos, me ensaboou todinha. 

A música na suíte nunca pode faltar, deitei na cama, mas antes de abocanhar aquele pau duro, me chupou com primor. 

Fiquei de quatro e ele chupou a minha boceta e o cuzinho. Que delícia! 😈

Consegui abocanhá-lo praticamente inteiro.

Na sequência, ele colocou a camisinha e veio por cima.

Enquanto me penetrava, beijando-me a boca, muitos orgasmos.

Tudo continuou maravilhosamente bem, quando ele me virou e comeu a minha bocetinha de quatro, depois de gozar assim, fui por cima e ele gozou.

Suados, caímos na cama. Fui tomar uma ducha, quando voltei terminamos de beber a cerveja e ele foi tomar uma ducha e se arrumar.

Química perfeita, um encontro com muita safadeza!

Bjs da Gê!

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu