Para terminar bem o sábado: um encontro delicioso

Para terminar bem o sábado: um encontro delicioso

Feliz Ano Novo! Não podia começar o ano sem mencionar um assunto tão polêmico discutido no fim de 2019. Devido ao grande número de encontros em dezembro, aproveito para agradecer a todos que compareceram, não consegui tempo disponível para escrever.

O funk surgiu na década de 60 nos EUA, pelo grande James Brown, mas longe dos estilos Soul, Jazz e Blues, no Brasil deu lugar para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Além disso permite a presença de menores de idade, como pudemos acompanhar a tragédia, que resultou na morte de nove jovens, no baile da comunidade Paraisópolis, situado na zona Sul de SP.

Os pais dos jovens mortos, disseram que os bailes são a única forma de diversão para quem tem baixa renda. Eu não concordo, porque na década de 90, a minha adolescência permitia frequentar bailes, danceterias com pouco investimento. Não éramos abordados por policiais e não permitiam a entrada de menores. Esses bailes, nunca foram e nunca serão uma forma de diversão. Meu total apoio a polícia de SP, bandido tem que ser tratado como bandido. Após a tragédia, a pergunta que fazemos: “Por que não proibir de vez?” Uma reflexão!!

Bem, após o primeiro contato, ele resolveu marcar o encontro, lembro-me perfeitamente da abordagem. Jovem, mas com comportamento maduro, almoçamos no motel, tomamos um vinho, altos papos na hidro, beijos no início, me despiu, acariciou os meus seios e a minha boceta, transa gostosa, várias posições, anal e duas gozadas.

Os meus textos serão menores, para dar a oportunidade de citar todos os amigos que comparecem. Um lindo ano para vcs!

Bjs da Gê

  

Deixe uma resposta

Fechar Menu